fbpx

A versatilidade das caixas de sobrepor

a versatilidade das caixas de sobrepor

As caixas de sobrepor oferecem uma alternativa prática e rápida para ampliar ou modificar as instalações elétricas, sem a necessidade de quebrar paredes e tetos, ou realizar outros serviços de alvenaria.

Estas caixas são interligadas por canaletas plásticas, geralmente fixadas com fita adesiva dupla face, por onde passam os “fios”.

Exemplo de caixa de sobrepor e canaletas

Cuidados na hora de escolher

Como existem caixas de sobrepor e canaletas de diversos tipos e padrões de qualidade, é importante considerar alguns pontos antes da compra, a fim de evitar dores de cabeça na hora de instalar, ou pouco tempo depois:

  • Assegure-se de que os materiais que compõe as caixas, módulos e canaletas são resistentes à radiação UV (ultravioleta), a fim de evitar o amarelamento precoce e preservar a cor e durabilidade das peças por longo tempo.
  • Evite as caixas muito rasas! Isto porque, em geral, elas dificultam a passagem e a ligação dos “fios”, além da montagem do conjunto.
  • Observe a qualidade do acabamento estético e se as partes se encaixam corretamente, sem esforços excessivos. Há grandes diferenças entre marcas e modelos.
  • Veja também se as caixas possuem marcações internas para diversos tamanhos de canaletas. Isto também facilita a instalação, pois orientam o corte para encaixe no local certo, proporcionando um melhor acabamento.

Modelos de caixas de sobrepor compatíveis com diversas canaletas

Importante!

Considere sempre utilizar caixas de sobrepor que permitem a montagem de diversos módulos diferentes. Elas facilitam a personalização, e podem acompanhar o padrão de outros interruptores e tomadas já existentes no local.

As caixas de sobrepor possibilitam uso de diversas funções

As instalações elétricas com caixas de sobrepor devem ser realizadas de acordo com a norma brasileira correspondente1, por pessoas qualificadas, a fim de garantir a segurança.

 

Referências:

1 Norma NBR-5410:2004 – Instalações elétricas de baixa tensão, publicada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Siga-nos em nossas redes sociais

Canal YouTube

Canal Facebook

Canal Instagram