Prevenção de choques elétricos em residências

Prevenção de choques elétricos em residências

Sabendo do perigo que a eletricidade representa para as pessoas, é indispensável tomar ações para evitar os acidentes. Além da instalação dos interruptores diferenciais residuais (DRs), há outros cuidados que podem evitar grandes tragédias. Apresentamos alguns deles:

1. Instalações

  • Troque as tomadas com sinais de sobreaquecimento (derretidas), quebradas, soltando faíscas, sem tampas ou nas quais os pinos ficam sem pressão (“folgados”), pois elas podem facilmente causar choques e iniciar incêndios.
  • Substitua as tomadas antigas por novas, que atendem o padrão brasileiro. Elas oferecem maior proteção ao usuário1, pois evitam o contato acidental com as partes vivas no uso normal.

2. Situações de risco

  • Enquanto estiver dentro de banheiras, piscinas ou no chuveiro, jamais utilize aparelhos ligados à rede elétrica.
  • Somente utilize benjamins e outros adaptadores com a marca Inmetro. Ela é a garantia de que o produto atende os critérios básicos de segurança. Não se arrisque com produtos “piratas”.

3. Aparelhos

É muito importante dar manutenção ou até mesmo trocar aparelhos, extensões e instalações com cabos (“fios”) descascados e/ou quebrados. Principalmente para o caso daqueles que são usados com água ou em ambientes úmidos. Um choque elétrico com o corpo molhado ou mesmo úmido, pode facilmente ser fatal.

4. Atenção especial com as crianças!

No Brasil foram registrados 20 acidentes fatais com crianças entre 0 e 5 anos2 em 2018, decorrentes de choques elétricos. O uso de protetores é uma alternativa para evitar o contato da mão ou de objetos metálicos nas tomadas.

Se você ver alguém tomando choque, o que deve fazer?

Desligue a energia elétrica imediatamente. Se tocar na pessoa antes, poderá levar choque também. Caso não seja possível, tente afastar a vítima do fio ou aparelho elétrico, utilizando algum material isolante e seco (cabo de vassoura, tapete de borracha ou tecido grosso por exemplo).

É importante lembrar que o choque, por mais fraco que seja, é sinal de que algo está errado. Solicite urgentemente um profissional para verificar as instalações e sanar o problema. Manutenção também é prevenção!

Vamos ajudar a reduzir os acidentes com eletricidade. Apesar da correria do dia a dia, é importante desligar o “piloto automático” e evitar situações que coloquem a vida em risco, não acha?

 

Referências:

(1) Apresentação: “Resolução Conmetro N° 11, de 20/12/2006 – Plugues e Tomadas” ABINEE TEC 2007. Disponível em http://www.tec.abinee.org.br/2007/arquivos/s602.pdf. – Acessado em 05/06/2019
(2) “Anuário Estatístico 2019 – Ano base 2018”, publicado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade. Disponível emhttp://abracopel.org/  – Acessado em 05/06/2019