fbpx

Chaves de nível tipo boia. O que são e para que servem?

Nas edificações que possuem 2 ou mais pavimentos, é comum que a água fornecida pelas concessionárias não tenha pressão suficiente para chegar até o reservatório, instalado na parte superior do prédio.

Para garantir o abastecimento nesses casos, normalmente é utilizado um sistema de recalque¹, que consiste no bombeamento da água de um reservatório inferior para o reservatório superior, como no exemplo abaixo:

Ilustração de bombeamento da água de um reservatório inferior para o reservatório superior

Além das edificações, o sistema de recalque também é usado em outros locais, como poços e cisternas em áreas rurais.

Esse sistema deve utilizar comandos de acionamento e desativação (liga e desliga) automáticos², condicionados ao nível de água nos reservatórios, tais como as chaves boia, que atendem a maioria das aplicações práticas.

Elas serão as responsáveis por ligar e desligar a bomba, de acordo com a necessidade dos usuários, de forma a evitar transbordamentos, e também a queima da bomba em caso de falta de água.

Os modelos mais utilizados são os eletromecânicos, que possuem internamente um mecanismo com esfera e alavanca, que aciona um microinterruptor, de acordo com a posição da boia no reservatório. Veja a figura abaixo:

Capacidade elétrica

Existem chaves boia de diversos tipos e capacidades. Na hora de escolher, é importante garantir que sua potência seja compatível com a bomba a ser utilizada. Conheça dois exemplos:

Referência:

Norma NBR 5626: 2020 Sistemas prediais de água fria e água quente – Projeto, execução, operação e manutenção, publicada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Itens: ¹ 3.61, ² 6.5.11.16 e ³ 6.5.9.3.